terça-feira, 29 de novembro de 2011

Ratões do PT


PSDB usa vídeo de Duda para atacar PT e Dilma


Os tucanos veiculam hoje (29.nov.2011) em todo o país um comercial de 30 segundos. A peça será transmitida dez vezes em todos os canais de TV a partir das 19h30. Quem ligar uma televisão dificilmente escapará de assistir ao filme.



O comercial começa mostrando a famosa peça produzida em 2002 para o PT. Ratos comendo uma bandeira do Brasil, uma idealização do marqueteiro Duda Mendonça. Depois dessa remissão ao passado, no filme do PSDB vem um locutor:



“Há nove anos nessa propaganda o PT anunciava que se o Brasil não acabasse com a corrupção, a corrupção ia acabar com o Brasil. Há nove anos o PT está no poder... e o que era apenas uma propaganda do PT... [aparece um rato comendo um pedaço da bandeira, arrotando e dando risada] ...virou a realidade deste governo”.



O rato arrotando é um pouco demais. Mas a peça é bem feita tecnicamente. Resta saber se será útil para o PSDB vender seu peixe e estabelecer um discurso de oposição eficaz.



A seguir, o vídeo ao qual o Blog teve acesso


http://uolpolitica.blog.uol.com.br/arch2011-11-27_2011-12-03.html#2011_11-29_18_57_54-9961110-0

Em 2006, em meio ao maior escândalo desde a descoberta do Brasil - o mensalão do PT - o eleitor resolveu reeleger Lula por mais quatro anos. Numa campanha em que imperou o desreipeto à legislação eleitoral, o regime petista lascou a lenha com mentiras e mais mentiras. O povo acreditou. Em 2010 nada foi diferente. Com praticamente cem por cento dos veículos de comunicação do país nas mãos, o regime mais uma vez convenceu a votar em sua candidata.
O resultado é este que se vê: corrupção e ineficiência. É a tal história me engana que eu gosto. Bate que eu gamo.

Enquanto isso, o país acumula troféus de incompetência: IDH = 84º lugar; 95º lugar no Analfabetismo; 106º no ranking de Mortalidade Infantil; 71º lugar no ranking Renda Per Capita; 52º lugar entre 110 países da America Latina melhor para se viver e PRIMEIRO LUGAR NO MUNDO EM CORRUPÇÃO com mais de R$ 80 bilhões desviados por verdadeiras quadrilhas que assaltam à luz do dia o bolso do brasileiro.


NOTAS ECONÔMICAS BRASILEIRAS!
     
1. (Globo, 12) Documento apresentado em Paris pelo ministro da SAE, W. M. Franco, o Brasil tem a maior taxa de rotatividade do mundo: 41% da força de trabalho mudam de emprego a cada ano. Na faixa de um a dois salários mínimos esse percentual passa de 50%.

2. (Merval – Globo, 12) Os países desenvolvidos aplicam cerca de 7% do PIB em pesquisa e desenvolvimento. O Brasil não passa de 1%, sendo largamente suplantado por Coréia do Sul e China países que estavam atrás do Brasil em 1980. Em 1960 a Coréia tinha escolaridade média superior em 1,4 anos de estudo, e hoje essa diferença já está em mais de 6 anos. A participação brasileira na produção mundial caiu de 3,1% em 1995, para 2,9% em 2009. No mesmo período, a China saltou de 5,7% para 12,5% e a Índia foi de 3,2% para 5,1%.
     
3. (Folha de SP, 13) Apesar de ter crescido na última década, a indústria brasileira perdeu espaço não só para a chinesa, mas também para a de outros países. O peso do Brasil na indústria de países emergentes recuou de 8% em 2000 para 5,4% em 2009, de acordo com a Onudi (Organização das Nações Unidas para o Desenvolvimento Industrial).

4. A estimativa é que a Dívida Ativa somada, do governo federal, previdência, estados e municípios supere três PIBs do Brasil.
   
5. Em 2011, Brasil será o país da América Latina com o menor crescimento do PIB.

6. (Estado de SP, 13) Nas últimas semanas, três construtoras - Even, Gafisa e Eztec -cortaram em até 36% o preço de um grupo de imóveis novos. Uma cobertura de alto padrão, que custava R$ 4,2 milhões, passou a ser ofertada por R$ 2,8 milhões. Um apartamento na zona sul de São Paulo, avaliado em R$ 425,6 mil, agora sai por R$ 383,1 mil.


Enfim, quem ainda vota neste partido é burro ou demente. Um partido que um dos seus principais líderes,o ex-ministro da Casa Civil, deputado cassado e réu no processo do mensalão José Dirceu discursando para uma plateia de centenas de militantes no 2º Congresso da Juventude do PT, em Brasília,  criticou o que chamou de "luta moralista contra a corrupção". Ele foi homenageado pelos organizadores com uma camiseta em que aparece sua imagem, a frase "contra o golpe das elites" e a palavra "inocente". O julgamento do processo do mensalão pode acontecer no próximo ano, segundo informações do Estadão.

E VIVA A REPÚBLICA BRASILEIRA. FORA OS CORRUPTOS!



Filha de peixe – Diz a sabedoria popular que quem puxa os seus não degenera. Se essa teoria não pode ser considerada uma maiúscula unanimidade em muitas partes do planeta, no Maranhão cai como luva quando o assunto é a família Sarney, cujo “capo”, o senador José Sarney, está sendo acusado de grampear um colega de partido, o alagoano Renan Calheiros (PMDB). Mas o assunto ora em questão não é a mais recente acusação contra o presidente do Senado Federal, mas sua filha, Roseana Sarney, que despeja sobre o mais pobre estado brasileiro uma onda de absolutismo jamais vista.

Encastelada no Palácio dos Leões, sede do Executivo maranhense, Roseana se nega a negociar com os policiais militares do Estado, que pleiteiam 28% de aumento salarial, de acordo com o coronel Ivaldo Alves Barbosa, que por telefone conversou com a reportagem do ucho.info. O oficial da PM do Maranhão disse que a governadora não cumpriu a promessa de negociação e, ao invés de buscar uma solução pacífica, solicitou a presença da Força Nacional de Segurança, que há dias se faz presente na capital São Luís.


Dona de temperamento histriônico e confiante na estrutura subserviente que o pai montou no estado, Roseana Sarney conseguiu na Justiça a decretação da prisão preventiva dos líderes do movimento: coronel Ivaldo Alves Barbosa, coronel Francisco Melo da Silva, sargento Jean Marie, sargento Da Hora, cabo Campos, cabo Nascimento e soldado Leite. Ademais, a Justiça, que considerou o movimento ilegal, determinou o desconto de R$ 200 por dia parado do salário dos líderes, o que faz com que os militares em questão, chefes de família que buscam um mínimo de dignidade, nada tenham a receber em dezembro próximo.


Roseana Sarney não contou com a possibilidade de um movimento puxar outro. Além da paralisação da Polícia Militar em quase 70% do estado, os delegados de polícia também cruzaram os braços. Logo mais, às 17 horas locais, o sistema de transporte público de São Luís também deve parar. O número de arrastões na capital do Maranhão cresceu de forma assustadora nas últimas horas. Até mesmo assalto a joalherias foram registrados. No interior do estado muitas das 217 cidades, como Imperatriz, Timon, Caxias, Grajaú, Barra do Corda, já não contam com a Polícia Militar, o que pode desencadear assaltos a agências bancárias e caixas eletrônicos. No presídio localizado na cidade de Pinheiro já há uma rebelião de presos.


Em vez de caminhar na direção de uma solução negociada, Roseana Sarney decidiu endurecer e agora conta com a presença do Exército nas ruas de São Luís. No sábado (26), um general de brigada chegará ao Maranhão, de acordo com informações obtidas pela reportagem, para assumir o comando da operação. Instalados na Assemebleia Legislativa, os policiais militares prometem revidar a bala uma possível invasão da Casa legislativa. O coronel Ivaldo Alves Barbosa disse que se a Assembleia for invadida haverá um banho de sangue no local e que a governadora sujará as mãos.

Muito estranhamente, a seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil ainda não se pronunciou. Amigo da família Sarney e ex-presidente da fundação que leva o nome do presidente do Senado, o advogado José Carlos Souza e Silva, que quer ser reconduzido ao TRE-MA com as bênçãos do chefe do clã, também está calado.

O caótico cenário que domina o Maranhão, com flagrante desrespeito ao livre direito de manifestação, mostra ao Brasil a verdadeira realidade de um estado que faz inveja (sic) a muitas republiquetas que vivem sob o manto da ditadura. Um desfecho violento, como prevê o coronel Ivaldo Barbosa, é tema mais que suficiente para que a Comissão de Direitos Humanos da Organização dos Estados Americanos (OEA) envie a São Luís seus representantes, pois o caudilhismo que cresceu a partir da praia do calhau é no mínimo criminoso. Voltando ao início desta matéria, Roseana puxou aos seus e não degenerou.


--

Roberto de Oliveira Campos - 10 anos de sua morte




Pronunciamento do Acadêmico Merval Pereira a seus Confrades na ABL - Academia Brasileira de Letras sobre Roberto de Oliveira Campos, aos dez anos de morte deste.
em 24 de novembro de 2011 -PARTE INICIAL


Dez anos após sua morte, Roberto Campos continua provocando polêmicas, embora antes de morrer tenha podido constatar que suas idéias liberais ganharam espaço no mundo globalizado.

Uma de suas muitas frases pode definir bem a situação: "Estive certo quando tive todos contra mim".

Quase sempre foi assim com o controvertido Roberto de Oliveira Campos, economista, administrador público, pensador, diplomata (foi embaixador em Washington e em Londres) e político que, na definição do amigo Delfim Netto, “tinha o gosto pelo desafio, de preferência quando as circunstâncias lhe eram mais desfavoráveis”.

Com a marca do polemista, ele discordava: "Não sou controvertido. Controvertido é quem controverte comigo".

COMO NOS VELHOS TEMPOS....


Finalmente, a lama da corrupção sujou diretamente, sem intermediários, os dedos da presidente que até então andava milagrosamente sobre a mesma. No caso dos ministros demitidos por corrupção, Dilma conseguiu passar incólume e ainda angariar a fama de faxineira dedicada a combater os malfeitos. No caso do ministro Carlos Lupi e Mário Negromonte, do Trabalho e das Cidades, que ela decidiu manter no cargo para aprovar a DRU e não ser pautada pela imprensa, a fama afundou e as denúncias já respingam diretamente na presidência.


Um sindicalista informa que denunciou ao Palácio do Planalto uma extorsão de R$ 1 milhão, no caso do Trabalho. Não foi ouvido. Um técnico concursado foi pressionado a mudar um parecer elevando em R$ 700 milhões uma obra da Copa do Mundo, para atender compromissos políticos de Dilma Rousseff, no caso dos Transportes. Apresentou provas contundentes da fraude. Os dois casos comprometem definitivamente a estratégia da presidente de deixar que ministros corruptos fritem em fogo brando ( e amigo!) diante da opinião pública, afastando-se da crise e transferindo-a para os partidos, como se controlar a base de apoio e o dinheiro público não fosse seu compromisso e obrigação. Nesta cômoda posição de distanciamento, Dilma não ataca o governo anterior de Lula, seu mentor e maior eleitor, o arquiteto da máquina de corrupção que aí está, do qual ela foi a competente gerente de obras.


O problema de Dilma, diante dos últimos fatos no Trabalho e nas Cidades, é escolher entre o pé na lama e o tiro no pé. Tem duas opções: aceita afundar nas denúncias que hoje a atingem diretamente ou atira em si mesma, já que tudo o que ela afirmou na campanha eleitoral e que sustentou a sua eleição era que, no governo Lula, ele pedia, ela fazia, ele mandava, ela tocava, ele pensava, ela agia. O fato concreto, como dizia Lula, é que ela sabia da extorsão promovida pela quadrilha lupista para licenciar sindicatos. O fato concreto, como dizia Lula, que foi ela quem negociou diretamente um exorbitante e desnecessário aumento de R$ 700 milhões em uma obra da Copa do Mundo. Não são meros detalhes. Dilma começa a afundar na lama da corrupção. Depois destes dois fatos surgidos na semana ficou muito claro porque ela não demite Lupi e Negromonte. Como nos velhos tempos, a velha Vanda não vai abandonar os seus companheiros e vai mentir o quanto der para evitar que eles sejam pegos assaltando os cofres públicos.


Estado São Paulo

A COLÔMBIA NÃO DEVE, E NÃO PODE, FAZER ACORDO HUMANITÁRIO COM AS FARC. Já correu sangue colombiano demais para que os terroristas sejam perdoados



As FARC-EP Colômbia e a ETA na Espanha, inspirados na ditadura comunista cubana - escolheram a via da violência política, ou seja, a revolução comunista, para a tomada do poder.
Agora, sem condições de continuar matando e sequestrando, cinicamente querem a 'paz' e a 'anistia', sem o mínimo de arrependimento sobre os sequestros, roubos, assassinatos e danos ocasionados. Isso num primeiro momento; depois vão 'lutar' por polpudas indenizações...


...........

Homossexuais querem preferência em empregos concursos e etc !



Uma conferência discute, a partir desta sexta-feira (18), o estabelecimento de cotas no mercado de trabalho para lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais (público LGBT) no Rio. O evento acontece até domingo (20) na Bolsa de Valores e também na Procuradoria Geral do Estado, ambos no Centro do Rio.

Todos os temas discutidos serão levados à 2ª Conferência Nacional de Políticas Públicas e Direitos Humanos de LGBT, em dezembro, em Brasília. Outro tema discutido será o reconhecimento de entidade familiar de casais homoafetivos para fins de programas de transferência de renda, como Bolsa Família, do Governo Federal e Renda Melhor, do Governo do Estado do Rio de Janeiro.

Por que Gays devem ter preferência em concursos ou no mercado de trabalho. São menos inteligentes? Não creio, penso que são detentores da mesma inteligência, das mesmas dificuldades de qualquer outra pessoa normal.

O que você acha?

Quem defende o marxismo é cúmplice deste show de horrores.



O Comunismo já assassinou mais de 100 milhões de pessoas. Inicialmente, 7 milhões de inocentes ucranianos foram exterminados.

Depois, mais alguns milhões de judeus...e assim por diante, genocídios em massa praticados pelos seguidores da doutrina marxista, seguida, com muito entusiasmo, por erquerdopatas fanáticos, como os petistas, até hoje

Como a União Soviética colocava fim ao seu Povo. É um vídeo com detalhes fortes, porém relata a verdadeira face do Comunismo.
http://www.youtube.com/watch?NR=1&v=buEc5gvNaQI

.............

Vejam, neste vídeo, as origens e semelhanças do comunismo com o nazismo de Hitler



Qualquer semelhança, também, com o que pretende o governo do PT para com o Brasil, não será mera coincidência.

http://www.youtube.com/watch?v=6q1W8f8YcEs&mid=53


Era um sonho que encantava milhões de pessoas.
Era uma visão que perseguia Nações.
Era o grande desejo da humanidade.
Até o dia em que se tornou realidade.


(ABRA) O (OLHO)
Essa pode ser a História do Futuro do Brasil:


"A História Soviética"
"Por que matar é essencial?"
Porque é necessário eliminar o "lixo racial".


As classes e as raças (inclua aí as minorias), fracas demais para conduzir as novas condições da vida devem deixar de existir. "Elas devem perecer no holocausto revolucionário"
kARL mARX


Os ensinamentos de mARX e eNGELS foram cuidadosamente estudados por lênin . O homem que estabeleceu o primeiro país mARXISTA do Mundo.
Um ano após a morte de lênin, em 1924, o New York Times publicou um pequeno artigo sobre um novo partido estabelecido na Alemanha.


O Partido (Nacional-Socialista) dos Trabalhadores, no qual Hitler é patrão e pai: (PARTIDO DOS TRABALHADORES)

O futuro ministro da propaganda nazista declara que: A diferença entre o comunismo de lênin e a fé de Hitler era bastante pequena.
"Uma guerra de facção aberta com um tim-tim entre copos de cerveja".
Como isto não caiu muito bem com potenciais eleitores, então os nazistas mudaram suas táticas.
(ELES SEMPRE MUDAM SUAS TÁTICAS).

................




Vaticano propõe Governo Mundial para realizar reforma financeira.

O Pontifício Conselho do Vaticano Justiça e Paz, propôs a criação de uma autoridade política e um banco central mundial que possam fazer frente à atual crise financeira mundial.
O pedido está no documento "Por uma reforma do sistema financeiro e monetário internacional na perspectiva de uma autoridade pública com competência universal", apresentado pelo cardeal Peter Turkson, presidente do Conselho Pontifício Justiça e Paz.

O líder e a entidade teriam a função de promover “mercados livres e estáveis, disciplinados por um quadro jurídico adequado”, além de fazer frente à atual crise financeira e econômica.

De acordo com a publicação paranaense O Diário, a Congregação do Vaticano explicitou que tal autoridade deve ter um “horizonte global e servir ao bem comum”. Por outro lado, essa liderança não poderia ser imposta pela força, mas servir pelo acordo livre e compartilhado.

“O exercício de tal autoridade deve ser necessariamente supranacional”, disse o comunicado divulgado pela Rádio Vaticano.O Vaticano justifica a criação de uma Autoridade Pública Mundial por causa da crescente interdependência entre os estados.

A criação de um Banco Central Mundial também é incentivada pela Santa Sé, que deveria exercer a função de regular o fluxo e o sistema dos intercâmbios monetários, segundo a agência Efe

De acordo com o texto, o Fundo Monetário Internacional perdeu sua capacidade de garantir a estabilidade das finanças mundiais.

Com vistas a criar uma autoridade supranacional, o Vaticano assinala que os estados devem ceder de forma gradual e equilibrada uma parte de suas atribuições nacionais à chamada Autoridade Mundial.

"Hoje se vê como surrealista e anacrônico que um estado considere que pode conseguir de maneira autárquica o bem de seus cidadãos. A globalização está unificando os povos, levando-os a um novo 'estado de direito' em nível supranacional, a um novo modelo de sociedade internacional mais unida, respeitosa com a identidade de cada povo", diz o documento.

Fonte: www.christianpost.com

PL obriga pai que violar direito do filho a fazer curso de qualificação




A Câmara analisa proposta que obriga pais e responsáveis que violarem os direitos de crianças e adolescentes a realizar curso de qualificação profissional. A proposta inclui os programas oficiais ou comunitários de aperfeiçoamento entre as medidas aplicáveis nesses casos. A medida está prevista no Projeto de Lei 1535/11, do Marcos Montes (DEM-MG), que modifica o Estatuto da Criança e do Adolescente. Hoje, o ECA já estabelece algumas medidas aplicáveis aos pais nesses casos. Entre elas, estão: inclusão em programa de tratamento de alcoolismo; e advertência e perda da guarda do jovem. Para o autor da proposta, a nova medida deve, em última instância, proteger os jovens da violência doméstica. A proposta, que tramita em caráter conclusivo, será analisada pelas comissões de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania

STF LIBERA MARCHA MACONHA- COMENTANDO....



Resumo da notícia: “O Supremo Tribunal Federal (STF) reforçou, nesta quarta-feira (23), a legalidade dos eventos chamados “marcha da maconha”, que reúnem manifestantes favoráveis à descriminalização da droga. Por unanimidade, os ministros decidiram que esse tipo de manifestação não pode ser considerado crime previsto no artigo 33, parágrafo 2º, da Lei de Tóxicos (Lei nº 11.343/2006), o que configuraria afronta aos direitos de reunião e de livre expressão do pensamento, previstos na Constituição Federal….”
A liberação da Marcha da Maconha mostra como é fácil modificar uma lei em nome do pensamento coletivo. O artigo 33 parágrafo 2 diz o seguinte: “§ 2o Induzir, instigar ou auxiliar alguém ao uso indevido de droga”

A marcha é uma forma de indução, pois através da livre expressão do pensamento é que eles pretendem liberar a maconha e outras drogas. A própria lei 11.343/06 aprovada por “lula” abre o caminho para isso, pois a pena, segundo o Artigo 28, para o porte de drogas é 1) uma advertência de que ela faz mal, 2) prestação de serviços e 3) um cursinho educativo básico.


Faz um ano que Morreu na Venezuela, o produtor rural Franklin Brito, que cumpria uma greve de fome. Brito protestava contra o governo do ditador Hugo Chávez, reivindicando que o governo indenizasse suas terras confiscadas. Há alguns meses, Chávez obrigou Franklin Brito a internamento em um hospital militar, o que configurou um atentado ao direito do grevista, fato que oficializou na verdade a sua detenção quando já estava em greve de fome.



Franklin Brito morre de forma heróica combatendo o comunismo assassino que avança sobre a América Latina e agora lança as suas garras sobre o Brasil através dessa trapaça eleitoral montada por Lula, o amigo do peito de Hugo Chávez, que  elegeu uma mulher que lutou não pela democracia, mas pela implantação da ditadura do proletariado nos anos 60. Seu processo está guardado a sete chavez pelos militares melancias. Dizem que Dilma se orgulha de seu passado, só não permite que se tenha acesso à sua verdadeira história, que é a história do terrorismo. Dilma fazia parte de uma organização terrorista que matava e assaltava em defesa do comunismo, essa maravilha que se vê apelidada de "socialismo bolivariano".


Os fatos estão aí para todos verem. Não poderão alegar mais adiante que não sabiam, que não foram advertidos que votar no PT será transformar o Brasil na Venezuela amanhã! Afinal, como já mostrei vídeo aqui no blog Chávez se diz cabo eleitoral e apoiador de Dilma Rousseff.

Um produtor rural morre em greve de fome, silencioso, abandonado, escorraçado pelos comunistas assassinos.

domingo, 27 de novembro de 2011

HOMENAGEM DO EXÉRCITO ÀS VÍTIMAS DA COVARDE INTENTONA COMUNISTA DE 1935.



Uma linda manhã de sol nesta sexta-feira, as Forças Armadas capitaneadas pelo Exército tendo seu Comandante, General Enzo, presidido a cerimônia, foram prestadas homenagens às vítimas da Intentona Comunista.



Os antigos Chefes, agora na Reserva, estavam todos lá. Alguns, pela adiantada idade e o sol forte, precisaram de atendimento médico. Familiares de alguns mortos também lá estavam e foram – durante a cerimônia, cumprimentados por todas as autoridades.

A FRASE DA DÉCADA



"Antigamente os cartazes nas ruas com rostos de criminosos ofereciam recompensas; hoje em dia, pedem votos."

FUTEBOL COMANDADO PELA MAÇONARIA?



Será?

http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=SluywBu4g0c

OMISSÃO DA VERDADE





Nosso povo sem memória já não canta, com tanta freqüência, as músicas de Noel Rosa. Mas todos – com ou sem maldade – se perguntam: “Onde está a honestidade? Onde está a Honestidade?”.


Ainda bem que a Dilma sancionou a Comissão da Verdade. Quem sabe ela não vai descobrir quem se deu bem com a grana roubada do cofrinho do Ademar e de tantos outros assaltos a bancos ocorridos nos tempos da guerrilha urbana e rural que queria implantar o comunismo no Brasil, nos anos 60 e 70? Quem sabe...



(...)Dilma Roussef participou, sim, do assalto ao cofre do ex-governador Ademar de Barros, uma ação armada comandada em 1969 pelo seu futuro marido, o ex-deputadoCarlos Araújo, em 1969, numa imponente mansão do bairro Santa Tereza, no Rio. Ademar de Barros, ex-governador de São Paulo, foi o fundador da atual Rede Bandeirantes de Rádio e TV. O primeiro dos Saad foi seu genro. Dilma Roussef não gosta de falar sobre o episódio. Sua biografia no site de campanha e nos programas de rádio e TV, omite totalmente o passado terrorista da candidata do PT.

Fonte: Jornal Zero Hora - IDADE CERTAhttp://www.idadecerta.com.br/blog/?p=4862

Lupi foi assessor-fantasma da Câmara por quase seis anos




O ministro do Trabalho, Carlos Lupi, foi funcionário-fantasma da Câmara dos Deputados por quase seis anos. Ele ficou pendurado na folha de pagamento da Casa, com lotação na liderança do PDT, de dezembro de 2000 a junho de 2006. No período, ele exercia atividades partidárias, como vice e presidente da sigla. A Folha ouviu assessores, deputados e ex-deputados do PDT. Os funcionários do partido em Brasília, que pediram para não ser identificados, confirmaram que Lupi não aparecia no gabinete da Câmara e se dedicava exclusivamente a tarefas partidárias.


Alvo de acusações de irregularidades no Ministério do Trabalho e nome certo para deixar o governo Dilma Rousseff até janeiro, Lupi não faz referência ao cargo ocupado na Câmara nas biografias que publicou no site oficial do ministério e na página do PDT. Ele também não se licenciou do cargo quando decidiu concorrer ao Senado, em 2002. Apesar de a lei complementar 64/90 obrigar o afastamento três meses antes do pleito, a seção de recursos humanos da Câmara disse que Lupi não pediu licença.

Cultura e Amor ao próximo faz diferença. Ver o erro alheio é facil, o difícil é olhar para si e ver o seu erro ..



Ao transitar pelos corredores do fórum, o advogado (e professor) foi chamado por um dos juízes:
- Olha só que erro ortográfico grosseiro temos nesta petição. Estampado logo na primeira linha do petitório lia-se: "Esselentíssimo Juiz".


Gargalhando, o magistrado lhe perguntou :
- Por acaso esse advogado foi seu aluno na Faculdade ?
- Foi sim - reconheceu o mestre. Mas onde está o erro ortográfico a que o senhor se refere?
O juiz pareceu surpreso:
- Ora, meu caro, acaso você não sabe como se escreve a palavra Excelentíssimo ?



Então explicou o catedrático:
- Acredito que a expressão pode significar duas coisas diferentes.
Se o colega desejava se referir a excelência dos seus serviços, o erro ortográfico efetivamente é grosseiro. Entretanto, se fazia alusão à morosidade da prestação jurisdicional, o equívoco reside apenas na junção inapropriada de duas palavras.
O certo então seria dizer :


" Esse lentíssimo juiz ".
Depois disso, aquele magistrado nunca mais aceitou o tratamento de "Excelentíssimo Juiz", sem antes perguntar :
- Devo receber a expressão como extremo de excelência ou como superlativo de lento?

O sexto andor da procissão dos pecadores



Blog de Augusto NunesComovida com as juras de amor do companheiro delinquente, Dilma Rousseff resolveu mostrar que quem manda no Brasil é a presidente da República. Depois de suspender até janeiro a procissão dos ministros despejados por ladroagem, autorizou o andor reservado a Carlos Lupi a permanecer estacionado na frente do Palácio do Planalto.
...
Péssima ideia, descobrirá em poucas horas a estrategista aprendiz. Talvez também descubra que, para quem tem culpa no cartório, é sábado o mais cruel dos dias.
...
Dilma Rousseff, por exemplo, foi a destinatária de uma carta que descreveu o funcionamento do esquema bandido. Não agiu antes porque não quis. Não age agora porque não quer e não pode.
deu no BLOG DO NOBLAT

TRISTE



Alguns números falam mais do que mil palavras. No Brasil, um preso federal custa o triplo de um aluno do ensino superior. E um preso estadual demanda quase nove vezes o custo de um estudante do ensino médio. A princípio, o que uma coisa tem a ver com a outra? Tudo. Há carência de recursos tanto em escolas quanto em prisões. Mas o absurdo maior é a negligência do Brasil com o saber, com o conhecimento.

RUTH AQUINO

E lá vem mais um capítulo da novela.
Mesma história velha e conhecida. Parece apenas uma reprise dos acontecimentos dos ultimos quase nove anos.


Nove anos de governo PT, nove anos de mensalões, de propinas, de lobbies,
de eu não sei de nada e de impunidade.

Nove anos e dez ministros. Nove anos de nunca antes neste país!
Começou com Zé Dirceu, "cumpanheiro" acima de qualquer suspeita.


Tivemos Palocci, duas vezes. A "cumpanheira" Erenice, amiga e secretária,
mais uma vez, acima de qualquer suspeita, "confio até de olhos fechados", disse Lula
certa vez.

Aí veio a era Dilma. 10 meses de governo, apenas escandalos. Seis ministros, até agora. Creio que já é possivel contar com a "demissão" do velho Lupi. Mas não irá terminar por aí.
Nem adianta se iludir. o "looping" será completo.

Foi na Casa Cívil, foi no Transporte, na Agricultura, no Turismo, no Esporte e foi até no Ministério da Defesa. Aliás, na Defesa, foi a única injustiça. Despediram alguém que apenas falou umas verdades. Mas foi merecido, afinal, puxa-saco que condecora bandidos que escondem dinheiro em cuecas, com a Medalha da Vitória, só pode ser merecido.
E agora é a vez do Trabalho, será que dará Trabalho?
Nove anos, dez ministros e, todos, acima de qualquer suspeita.

E ninguém sabia de nada? Nem Lula, nem Dilma, que, lá no comecinho, enquanto mandava fabricar dôssies e falir de vez a nossa Varig, entre outras coisas, quando era "chefa" da Casa Civil, não sabia de nada?

Passeava de mão dadas com Erenice 6%, passou a chefia para a cumpanheira e de nada sabia?
A quem estão querendo enganar?

Todos amigos de longa data, cumpanheiros sempre atentos. Antes, quem cuidava do Planejamento? Amigão de peito, velho cumpanheiro, passou o bastão para quem? Miriam Belchior? Ah, sim, aquela cumpanheira, que já nos tempos de Celso Daniel, ajudava a recolher propinas para o PT? Seria a mesma? Ex-esposa e cumpanheira?

Ninguém sabe, nem sabia de nada? Casa Civil, Planejamento, presidentes e presidentas?
Mas afinal, somos governados por um bando de ladrões ou de burros?
Alguém pode responder?


Atualmente quem cuida mesmo da Casa Civil? Não é por um acaso uma loira que disseram nem conhecer Brasília e que, casualmente é esposa do antigo chefão do Planejamento? Não é essa mesma loira que quer ser governadora do nosso estado? Se fôr, estamos todos ferrados!

Não sei não, isso tudo me cheira a "cumpanheirismo e nepotismo", com tanta cumpanheirada e parentes no mesmo governo, como deveríamos chamar?
Impeachment, esta é a palavra chave. Isto seria o correto, a única solução, ao menos temporária.
Afinal, Collor passou pelo mesmo, e hoje, chego a uma conclusão; comparando o governo Lula/Dilma, Collor foi um anjo de inocência pura.

Ah, tivessemos justiça neste país, ao invéz de apenas bandidos de toga, como disse recentemente a ministra Eliana Calmon.

Aí sim, poderíamos dizer, que nunca antes neste país...

Siegmar Metzner - CuritIBA

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

PARA O CHEFÃO DOS NAZI-PETRALHAS



"Democracia não é o povo ter o direito de gritar que está com fome, democracia é o povo ter direito de comer". (Lula, ao Portal Terra).
Nada disto, Lula. Democracia é, sim, o povo ter direito de gritar que está com fome. Quer dizer que dar um prato de comida a um homem dá também o direito de tirar-lhe a voz? Os nazistas alimentavam seus prisioneiros


..............

EU SOU VAIDADE E AUDÁCIA - TARSO GENRO



O governador do Rio Grande do Sul, Tarso Genro (PT), assinou um decreto concedendo a si próprio uma medalha de homenagem.
O documento, publicado ontem no "Diário Oficial", determina a entrega da insígnia "Cruz de Ferro", da Brigada Militar (equivalente à PM de outros Estados), a oito pessoas que se destacaram no apoio à corporação. O governador petista foi o único civil homenageado.


Na lista de condecorados do decreto, é mencionado o nome completo dele: Tarso Fernando Herz Genro. No fim do texto, o próprio governador o assina, apenas como Tarso Genro. O chefe da Casa Civil também subscreve o ato.

O decreto informa que a lista dos agraciados foi proposta pelo comandante-geral da Brigada. A "Cruz de Ferro" é concedida anualmente no aniversário da instituição.
Segundo seu regulamento, é dada a brigadianos com méritos ou a civis que cooperaram com a Brigada Militar.
De acordo com a corporação, a homenagem ao governador ocorreu pelo apoio na ampliação de seus quadros e na compra de equipamentos.


..............

ARTISTAS, POLÍTICOS, RELIGIOSOS MAS SOBRETUDO MENTIROSOS



A exemplo de OS-MARINA SILVA,QUE SE CHAMA Maria Osmarina Silva de Souza outro que tratou de arrumar nome de popstar foi LEONARDO BOFF. O nome de batismo do herege comunista é GENÉSIO DARCI.
Esperto e marqueteiro....

............


É aquilo que eu sempre afirmo aqui no blog: o Brasil é o único país do mundo em que os jornalistas conspiram contra a liberdade de imprensa. E o que é pior: as entidades representativas dos jornalistas são todas a favor da censura à imprensa!


 A Federação Nacional dos Jornalistas - FENAJ -, aparelho do PT, é destaque nesta reunião que tentará mais uma vez impor o "controle da mídia". Como articulador dessa afronta à liberdade de imprensa, está Franklin Martins, inconformado até hoje por ter sido despedido da TV Globo. Parece piada, mas não é.


O PT nacional realiza no próximo dia 25 de novembro, sexta-feira, em São Paulo, o seminário: Por um Novo Marco Regulatório para as Comunicações. Participarão como palestrantes o jornalista e escritor, Fernando Morais; o jornalista e sociólogo, Venício Lima ; a Secretária nacional de Comunicação da CUT, Rosane Bertotti; o sociólogo e jornalista, Laurindo Lalo Leal Filho.
Também será palestrante no seminário o jornalista político e ex- ministro da Comunicação Social, Franklin Martins (2007-2010); Dennis Oliveira, professor da ECA-USP; Celso Schröeder, da coordenação executiva do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação e presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) e Sergio Amadeu, sociólogo e Doutor em Ciência Política pela USP.


...........

Declaração da ONU contra a corrupção serve de pretexto para a criação de um Parlamento Mundial



A ONU, através da Convenção das Nações Unidas contra a Corrupção– UNCAC, está dando os primeiros passos para a criação do Parlamento Mundial. A desculpa usada para isso é o suposto combate à corrupção.

Segundo o documento, as leis criadas na ONU devem ser seguidas por cada país membro.

Para mostrar como a Ordem Mundial não resolverá o problema da corrupção, basta ler o artigo 14 desse documento:

Artigo 14 – Medidas para prevenir a lavagem de dinheiro 1. Cada Estado Parte:

“a) Estabelecerá um amplo regimento interno de regulamentação e supervisão dos bancos e das instituições financeiras não-bancárias, incluídas as pessoas físicas ou jurídicas que prestem serviços oficiais ou oficiosos de transferência de dinheiro ou valores e, quando proceder, outros órgãos situados dentro de sua jurisdição…”

Ora, basta usar o famoso jeitinho brasileiro do governo para burlar essa lei. A famosa distribuição de passaportes para pessoas que nem são diplomatas é o caminho para isso.
http://www.qualicidade.org.br/adesao/declaracao-publica-de-adesao-pessoal-a-convencao-da-organizacao-das-nacoes-unidas-contra-a-corrupcao/convencao-das-nacoes-unidas-contra-a-corrupcao/

...............

A hidrelétrica de Belo Monte é a usina mais ecologicamente perfeita do mundo. Seu lago é pequeno em relação a capacidade de geração e as povoações indígenas são rarefeitas podendo ser facilmente removidas para locais próximos. A desinformação dos brasileiros e o vedetismo de artistas televisivos esquerdistas, associados aos interesses internacionais tentam torpedear sua construção, de vital importância parra o Brasil.
ARI
................



O mais grave nessa história é que opartido ‘hegemônico’ (por afinidade, cooptação, benesesses e prebendas comdinheiro público) foi aniquilar a democracia, romper o equilíbrioinstitucional e degradar as instituições pelo (des) caminho da corrupção, do capitalismo deamigos, do clientelismo, do assistencialismo, do paternalismo, populismo,demagogia, cinismo ...





Dra. Marli Nogueira, juíza do trabalho em Brasília



Os principais objetivos de luta pela mudança são conquistar, um após outro, todos os instrumentos de difusão ideológica (escolas, universidades, editoras, meios de comunicação social, artistas, sindicatos etc.), uma vez que, os principais confrontos ocorrem na esfera cultural e não nas fábricas, nas ruas ou nos quartéis. O proletariado precisa transformar-se em força cultural e política, dirigente dentro de um sistema de alianças, antes de atrever-se a atacar o poder do Estado-burguês. E o partido deve adaptar sua tática a esses preceitos, sem receio de parecer que não é revolucionário. Isso o povo brasileiro não está percebendo, pois suas mentes já foram entorpecidas pelo governo petista que está no poder.


............

Verba para Amazônia cai de R$ 1 bilhão para R$ 105,5 milhões



TÂNIA MONTEIRO

Apesar do discurso de que a vigilância da fronteira na Amazônia é uma prioridade, os recursos repassados pelo governo para os projetos que atendem à região minguaram. Para 2012, o Exército pretendia investir pelo menos R$ 1 bilhão para acelerar a implementação do projeto Sistema Integrado de Monitoramente de Fronteira (Sisfron). No entanto, o orçamento enviado ao Congresso prevê o emprego de apenas R$ 105,5 milhões.

O valor representa um décimo do pedido para modernizar e aumentar a fiscalização dos 16,8 mil quilômetros de fronteira seca com dez países vizinhos, sendo que cerca de 13 mil são na Amazônia. O valor do projeto foi estimado em R$ 17 bilhões, para ser desenvolvido em dez anos.

O corte tem como consequência imediata o atraso da instalação de radares e sensores na região, previstas no projeto, que facilitaria, por exemplo, a detecção de ameaças ao País, de traficantes a narcoguerrilheiros. É, segundo militares, mais um sintoma do sucateamento provocado por cortes orçamentários.

Ontem, o Estado revelou um documento sigiloso da Defesa que fez uma radiografia completa dos equipamentos militares no "estaleiro", fora de operação, de aviões a submarinos. Sem os equipamentos não é possível identificar as ameaças à distância. Além disso, a aquisição de rádios comunicadores, equipamentos essenciais para manter contato entre a base e os pelotões avançados de fronteira, estão com a licitação atrasada.

Para minimizar o impacto do ajuste fiscal, o Ministério da Defesa negocia com o Planejamento a ampliação dos R$ 105,5 milhões previstos para, pelo menos, R$ 500 milhões, com o compromisso de que os recursos para os próximos anos sejam garantidos no orçamento, seguindo o Plano Plurianual, que prevê R$ 710,44 milhões para 2013, R$ 780, 98 milhões para 2014 e R$ 929,61 milhões para 2015.

OMISSÃO DA VERDADE



Esta recém constituída Omissão da Verdade, antes de mais nada, servirá para desviar o foco da tragédia política, cultural e administrativa atuais. Interessa ao PT instrumentalizar a demanda real ou factível dos familiares de desaparecidos, bem como espicaçar as reações dos que serão "justiçados".
Há que se providenciar o circo - além do pão.
Enquanto isso, os bárbaros espreitam Roma.




ARI

.................



Além desta "chamada" "Comissão Nacional da Verdade" ser um "imbroglio" típico das nossas esquerdas fascinoras para "oficializarem e postergarem a história" o rótulo de justas e heróicas na luta para a "re-democratização" do país (lògicamente tendo como modelito de democracia a então praticada na URSS ou na China ou no paraíso cubano) também será uma nova maneira de "cabidear" mais alguns do bando da presidenta e de seus asseclas para tirarem uns trocados do Erário Público.
Mais uma pantomima petista e de seus "aliados" na eterna procura de melhor enganar a "crasse ignara e deseducada" que abunda o país e pelos quais não fazem "porra nenuma" do que deveriam fazer, isto é: educação de qualidade, sistema de saúde funcionante, infra-estrutura, etc...


FERNANDO

.......................



Essa é a verdadeira estrada da integração ...




Corredor Bioceânico Aconcagua

Vai promover a ligação ferroviária entre o Chile e a Argentina
Que obra magnifica. abr. R.Lampert

http://www.bioceanicoaconcagua.com:8080/corredorBioceanico/es/videos.html



......................

Este é o teu país



O deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) criou nova polêmica na Câmara dos Deputados hoje ao questionar a sexualidade da presidente Dilma Rousseff em discurso no plenário. O parlamentar destacou que, em audiência na Câmara ontem, representantes do Ministério da Educação teriam discutido a inclusão do combate à homofobia nos currículos escolares. Bolsonaro lembrou que a presidente Dilma tinha ordenado a não distribuição nas escolas de material relativo ao combate à homofobia, chamado de kit gay pelo deputado do PP e outros parlamentares evangélicos.



"O kit gay não foi sepultado ainda. Dilma Rousseff, pare de mentir. Se gosta de homossexual, assume. Se o teu negócio é amor com homossexual, assuma. Mas não deixe que essa covardia entre nas escolas de 1º grau", afirmou Bolsonaro. O pronunciamento de Bolsonaro foi retirado das notas taquigráficas pelo deputado Domingos Dutra (PT-MA), que ocupava a presidência da sessão, a pedido do deputado Marcon (PT-RS). Caberá agora ao presidente da Câmara, Marco Maia (PT-RS), decidir se o pronunciamento ficará registrado nos documentos da Casa.



Em conversa por telefone com a reportagem, Bolsonaro afirmou que não era sua intenção questionar a sexualidade da presidente da República. "Não me interessa a opção sexual dela, eu só não quero que esse material vá para a escola". Ele afirmou que estava falando do amor de Dilma com a "causa homossexual". Chegou a comemorar e disse que a polêmica criada em cima da declaração era positiva. "Uma frase equivocada está ajudando a levantar o mérito da discussão".


..........

Para quem ainda não conhece.


.....................

Outra de Roberto Campos, o odiado e politicamente incorreto



Boa parte de nosso subdesenvolvimento se explica em termos culturais. Ao contrário dos anglo-saxões, que prezam a racionalidade e a competição, nossos componentes culturais são a cultura ibérica do privilégio, a cultura indígena da indolência e a cultura negra da magia..."

...............

LOUCOS OU IDIOTAS?



Acabo de ler no site do Diário Catarinense que o problema da mobilidade urbana pode ser resolvido com ampliação de ciclovias. Esses caras estão falando sério?


Ora, todo o sistema viário de Florianópolis e de todo o território catarinense é praticamente o mesmo existente há meio século. O mesmo acontece com todas as regiões do país.


A população brasileira nos anos 70 do século passado totalizava cerca de 70 milhões de habitantes. Hoje chega perto dos 200 milhões.
Depois dos governos militares não foi feita nenhuma obra de vulto em infra-estrutura, particularmente na última década de governo do PT. O Brasil não tem sistema ferroviário. Não tem metrô. Os aeroportos também estão dimensionados para a metade da população atual do Brasil. Os principais terminais foram todos construídos pelos governo militares. De lá para cá houve apenas maquiagens aeroportuárias.


Aqui mesmo em Santa Catarina não há transporte ferroviário, como não há no resto do Brasil. Todo o grosso do transporte é rodoviário.
E agora vem um bando de boçal falar abobrinhas em seminários e painéis. Há muita gente que já deve estar mamando uma grana por conta dessa tal "mobilidade urbana", a designação politicamente correta para a esculhambação, a roubalheira e a vagabundagem que consomem todo o dinheiro arrecadado por elevada carga tributária destinado as obras públicas. Mas nada, nada mesmo é aplicado em obras urgentes de infra-estrutura. Estamos trabalhando apenas para manter a mamata e o projeto de poder do PT. Os impostos federais retiram boa parte do que produzem os trabalhadores em cada Estado da Federação. Vejam que nesta terça-feira cerca de 90% dos deputados afagaram o governo corrupto do PT com a aprovação da DRU, concedendo mais uns R$ 20 bilhões para Dilma e Lula gastarem à vontade preparando a campanha eleitoral de 2012.



Não há dinheiro para resolver o problema do transporte, mas tem sobrando para sustentar 308 mil ONGs que mamam diretamente do governo incompetente do PT.Estamos sendo governados por bobalhões hipócritas e ladravazes.
Ciclovia? Essa gente enlouqueceu.
E o pior de tudo é que a grande imprensa e o bando de jornalistas a soldo do PT leva a sério esse turbilhão de idiotice.
O que interessa não é tratado nesses convescotes de "mobilidade urbana". E o que interessa todo mundo sabe: tem de estancar a roubalheira. O goberno do PT tem 38 ministérios. Há alguns anos eram apenas pouco mais de 10! O governo do PT tem mais de 20 mil cargos comissionados, um recorde mundial!
A primeira ciclovia a ser implantada deve ser em Brasília, para a Dilma, Lula e seus sequazes andarem de bicicleta.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

PT perdeu a vergonha



Esse pessoal do PT perdeu completamente a noção do ridículo, se é que um dia eles tiveram algum. Leiam o que o que informa o colunista Lauro Jardim, de Veja:


Está na pauta da CCJ da Câmara nesta quarta-feira um projeto da ex-senadora Serys Slhessarenko que vai deixar Dilma Rousseff feliz.

Apresentado em 2009, o texto determina o uso obrigatório da flexão de gênero para nomear profissão ou grau em diplomas. Ou seja, o “presidenta” de Dilma Rousseff vai virar lei e não mais um termo opcional como uma vez José Sarney ensinou à Marta Suplicy em plena sessão do Senado.

O relator de matéria tão interessante para Dilma é nada menos do que ele… Paulo Maluf.
Comentário:

Bom, caso essa lei ridícula seja aprovada, esperamos que a flexão de gênero seja obrigatória para outros verbetes como militANTA e, em tempos de invasão, estundANTA.

Entenda as principais polêmicas do Código Florestal.



Dos debates iniciais entre ambientalistas, ruralistas e acadêmicos às recentes discórdias nas comissões do Senado, entenda as principais polêmicas que vêm rondando o novo Código Florestal:
O que é o Código Florestal?Criado em 1965, o Código Florestal regulamenta a exploração da terra no Brasil, baseado no fato de que se trata de um bem de interesse comum a toda a população. A legislação estabelece parâmetros e limites para preservar a vegetação nativa e determina o tipo de compensação, como reflorestamento, que deve ser feito por setores que usem matérias-primas, assim como as penas para os responsáveis por desmate e outros crimes ambientais relacionados. A elaboração do Código durou mais de dois anos e foi feita por uma equipe de técnicos.

Como é a proposta do novo Código Florestal?Desde que foi apresentado pela primeira vez, o projeto de lei sofreu diversas modificações. As principais diferenças entre a nova legislação e o código em vigor dizem respeito à área de terra em que será permitido ou proibido o desmate, ao tipo de produtor que poderá fazê-lo, à restauração das florestas derrubadas e à punição para quem já desmatou.

Por que o atual precisa ser alterado?Ambientalistas, ruralistas e cientistas concordam que esta é uma necessidade para adaptar as leis nacionais à realidade brasileira e mundial. O atual foi modificado várias vezes por decreto e medidas provisórias e seria necessário algo mais sólido.

Uma das urgências citadas pelos três grupos é a necessidade de incluir incentivos, benefícios e subsídios para quem preserva e recupera a mata, como acontece na maioria dos países que vêm conseguindo avançar nessa questão ambiental.
Quais as principais diferenças entre o projeto do senador Jorge Viana, apresentado no Senado, e o de Aldo Rebelo, votado na Câmara?Em linhas gerais, o substitutivo de Viana detalha definições importantes no debate, como o que constitui uma agricultura familiar e quais atividades podem ser exploradas em determinadas áreas protegidas. Além disso, há novas normas propostas, como a criação de incentivos em troca de serviços ambientais, e mudança de alguns pontos, como a recomposição das Áreas de Preservação Permanente, as chamadas APPs.
Qual a avaliação que ruralistas fazem dessas mudanças?Líderes da bancada rural apresentaram restrições, como defender que todas as pequenas propriedades possam receber os benefícios previstos no Código e não apenas aquelas que se encaixam no conceitos de agricultura familiar, ou seja, no qual apenas membros da família trabalham.

Apesar de restrições como essas, os representantes desse setor comemoraram, já que acreditam que o Código em vigor atrapalha o desenvolvimento do país por ter sido criado quando agricultura e pecuária tinham baixa produtividade. Por isso, defendem as alterações para que haja mais terra para ampliar a produção.

"A expectativa é a de que vamos conseguir aprovar (o texto) e superar mais uma etapa desse calvário, para que muitos agricultores pressionem parar mudar essa lei, que tão mal faz o país", disse Assuero Veronez, vice-presidente do CNA.
O que dizem ambientalistas e acadêmicos?Boa parte das ONGs de defesa do meio ambiente e especialistas na área rebatem a tese dos ruralistas, afirmando que as terras já exploradas são suficientes para dobrar a produção, e que basta aprimorar a eficiência nas lavouras e nos pastos por meio de tecnologia e uso sustentável na agricultura e pecuária.

Para eles, as mudanças no Código abrem brechas para aumentar o desmatamento e podem por em risco serviços ambientais básicos, como o ciclo das chuvas e dos ventos, a proteção do solo, a polinização, o controle natural de pragas, a biodiversidade, entre outros. Esse desequilíbrio prejudicaria até mesmo a produção agropecuária, que está diretamente ligada a tais fatores ambientais.
Os dois setores acreditam que o novo texto não vai coibir desmatamento. Entre as principais críticas estão o perdão, em vários níveis, a quem desmatou ilegalmente no passado e a autorização de atividades agropecuárias ou de turismo em Áreas de Preservação Permamente. A permissão para que produtores reponham áreas desmatadas em outras regiões do bioma (conjunto de diferentes ecossistemas) também é alvo de críticas.

O que são as APPs, um dos principais pontos de discórdia?As chamadas Áreas de Preservação Permamente (APPs) são os terrenos mais vulneráveis em propriedades particulares rurais ou urbanas. Como têm uma maior probabilidade de serem palco de deslizamento, erosão ou enchente, devem ser protegidas. É o caso das margens de rios e reservatórios, topos de morros, encostas em declive ou matas localizadas em leitos de rios e nascentes. A polêmica se dá porque o projeto flexibiliza a extensão e o uso dessas áreas, especialmente nas margens de rios já ocupadas.

Qual a diferença entre APP e Reserva Legal?
A Reserva Legal é o pedaço de terra dentro de cada propriedade rural - descontando a APP - que deveria manter a vegetação original para garantir a biodiversidade da área, protegendo sua fauna e flora. Sua extensão varia de acordo com a região do país: 80% do tamanho da propriedade na Amazônia, 35% no Cerrado nos Estados da Amazônia Legal e 20% no restante do território.


............

UMA FRASE MEMORÁVEL



O deputado Paulo Pereira da Silva, o tal Paulinho da Força, acaba de mostrar quantos neurônios tem, ao pronunciar a seguinte frase: "Não dá para aceitar que a imprensa fique derrubando ministro de 15 em 15 dias." Uma frase histórica, dígna de placas a serem fixada na CUT e na Câmara.

Nobre deputado, quem derruba ministro não é a imprensa, não lhe informaram isso? Eles estão caindo porque são ladrões do erário e foram denunciados por uma imprensa não comprometida com esse governo corrupto. E mais, um rato decapitado a cada 15 dias é pouco.

Se o Judiciário fosse independente, se o Legislativo não tivesse sido comprado e o Executivo perdesse a chave do cofre, todo o governo seria derrubado em um só dia.

E as quadrilhas (inclusive a sua), eufemisticamente chamadas de partidos políticos, imediatamente extintas para o bem do Brasil e em respeito ao cidadão.
Humberto de Luna Freire Filho

O que está atrás de BELO MONTE - ONGS VAGABUNDAS!






“BRASIL, POTÊNCIA hídrica do século 21″ é o título bastante sugestivo da matéria de capa de recente edição especial da National Geographic em português, que traz considerações interessantes sobre o aproveitamento do que certamente será a riqueza mais disputada nos próximos mil anos em nosso planeta.


Desde algum tempo tenho procurado mostrar que a água (mais que ouro, minérios ou petróleo) é o que preocupa e motiva o enorme esforço de marketing promovido por ONGs de várias partes do mundo com o objetivo de provar que os brasileiros são incapazes de: 1. Proteger o meio ambiente, especialmente na Região Amazônica. 2. Respeitar as populações indígenas, idem. 3. Realizar o desenvolvimento “sustentado”, alguma coisa com diferentes significados no Brasil, na China e nos EUA. São meros pretextos. Apesar de gastos, funcionamA conclusão, óbvia, é que a Amazônia precisa ser internacionalizada para evitar que utilizemos os cursos de água daquela bacia hidrográfica para produzir energia e proporcionar o desenvolvimento daquela região em nosso benefício exclusivo. Então, para começar, é urgente impedir a construção das hidrelétricas, enviando seguidas delegações de notáveis que se prestem a fazer o ridículo papel de defensores de etnias das quais mal conhecem a designação correta e certamente desconhecem a localização das aldeias (alguns acreditam que se trata de remanescentes de tribos astecas…).


Esta semana tivemos a demonstração de como a pregação, mesmo infantil, pode influenciar burocratas mal informados de organismos internacionais: uma obscura e inoperante comissão de direitos humanos da OEA alinhou-se às teses de outras tantas obscuras ONGs, pedindo a suspensão (!) da construção da usina de Belo Monte, no Rio Xingu.

O referido pedido, baseado numa denúncia feita em 2010 por “diversas” ONGs (não identificadas), não produz nenhuma consequência prática imediata, mas ficou a ameaça de que “poderá vir a ser submetido a exame na Corte Interamericana de Direitos Humanos, também da OEA, caso não sejam aceitas as explicações do governo brasileiro sobre o resultado de consultas submetidas às populações indígenas”. A reação oficial foi imediata: o Itamaraty classificou como “precipitadas e injustificáveis” as solicitações da OEA; o senador Flexa Ribeiro, presidente da subcomissão que acompanhará o andamento das obras no Pará, qualificou de “absurdo” o pedido “que até fere a soberania nacional” e o diretor-geral da Agência Nacional de Energia – Nelson Hubner – foi direto: “A OEA


O que as ONGs (de longa data), agora apoiadas pela sub-burocracia da OEA, pretendem bloquear, em realidade, não é a obra em si, mas a condição brasileira de produzir mais energia limpa para prosseguir em seu projeto de desenvolvimento sustentável, inclusive na Região Amazônica. Significa demonstrar a capacidade nacional de conservar, administrar e utilizar as riquezas de um território que detém 11% de toda a água doce do globo, onde correm 12 mil rios que respondem por 16% de toda a água enviada ao mar pelos rios do planeta.
DELFIM NETO

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

REINALDO AZEVEDO



Mas recebo também mensagens que me honram muito: as que vocês enviam diariamente e esta abaixo, de Dom Luiz Gonzaga Bergonzini, bispo de Guarulhos. Esse líder religioso teve a coragem, durante a campanha eleitoral, de defender os princípios da Igreja Católica. Porque essa é sua prática cotidiana. É claro que essa deveria ser a regra para uma autoridade religiosa. Infelizmente, em razão da patrulha, tem sido a exceção. Transcrevo parte do seu e-mail:

“Caríssimo jornalista Reinaldo Azevedo,
Parabéns pelo trabalho de esclarecimento da juventude universitária, sobre o esquerdismo e suas consequências.
A juventude e o povo brasileiro estão vivendo sob o império da mentira. Isso precisa terminar.”

Muito obrigado, Dom Luiz!

Este bispo da Igreja Católica mantém
uma página na Internet em que trava o bom combate. Suas mensagens estão afinadas com a Igreja a que ele serve e com a orientação do papa Bento 16.

Ser católico é uma opção, não uma imposição. E Dom Luiz defende abertamente os princípios de sua Igreja.

Progressista é defender a vida. Reacionário é defender a morte, em especial de quem não tem mesmo a chance de tentar escapar. Nada pode ser mais asqueroso do que esses heróis e essas heroínas que travam uma árdua batalha contra os… fetos humanos. Quem anda em companhia dessa gente ou lhe dá o braço será sempre cúmplice de seu crime moral, ainda que a prática deixasse de ser um crime do ponto de vista legal.

PONTO!


Por Reinaldo Azevedo

ZUMBI DOS PALMARES- A GRANDE FALÁCIA!



A transformação de Zumbi dos Palmares em um herói nacional é uma das maiores falácias da História do Brasil. A imagem de que Zumbi foi um líder revolucionário movido por "grandes sentimentos de amor" -- como declarou ironicamente, séculos mais tarde, o argentino Ernesto "Che" Guevara -- e que o Quilombo dos Palmares era um paraíso de igualdade e justiça social é uma imagem que em nada condiz com a realidade. Zumbi era um líder autocrático que governava o quilombo com mão-de-ferro. Exigia ser tratado como um rei e que, de fato, recebia a deferência de um estadista não apenas de seus súditos, mas igualmente de representantes do governo colonial. Era sobrinho de Ganga Zumba ("Grande Senhor"), o primeiro Rei de Palmares.

Um fato meticulosamente mantido fora dos registros históricos oficiais é o de que Zumbi dos Palmares enviava esquadrões de ataque para fazendas vizinhas não com o intuito de libertar seus irmãos negros do jugo escravista, mas para roubar escravos dos senhores de terra em seu próprio proveito. Sim, Zumbi dos Palmares foi um dos maiores senhores escravistas de seu tempo. E não se engane: aqueles que ousavam fugir do "paraíso" quilombola de Palmares eram perseguidos por experientes capitães-do-mato e, uma vez recapturados, eram torturados e mortos em praça pública -- menos de 100 anos depois, algo semelhante foi conduzido em Paris durante a Revolução Francesa, período conhecido como "O Terror". Para saber mais, recomendamos a leitura do "Guia Politicamente Incorreto da História do Brasil", de Leandro Narloch.

Enquanto Zumbi foi alçado à condição de herói nacional, um dos verdadeiros baluartes brasileiros da luta contra o autoritarismo governamental tem sido esquecido, quando não diuturnamente difamado: Joaquim José da Silva Xavier, conhecido como Tiradentes.



Dentro do mais profundo espírito do politicamente correto, não é de bom tom que um herói nacional branco, inspirado por idéias anglo-saxônicas, seja considerado maior e mais importante para nossa história do que um líder negro, que não se deixou "dobrar" ante "diretrizes eurocêntricas" e defendeu a "liberdade" através de uma legítima "resistência africana" (haja aspas

juventude conservadora